Creators Guiando o Consumidor: Parte 3 - Criadores e Clientes no Fundo de Funil

Fev 02, 2021

Já falamos sobre como o marketing de influência se encaixa tanto em estratégias eficientes para gerar awareness para uma marca, quanto nas que buscam direcionar o público a relacionar uma necessidade latente de compra com um produto específico, mostrando seus detalhes e destacando o seu diferencial. Cada uma dessas fases é um passo na jornada do consumidor e, depois que o público já passou essas duas etapas, chega a vez da consideração.

Nesse estágio da jornada, também conhecido como “Fundo de Funil”, o usuário já entende o que necessita e o que pode suprir esse desejo, mas ainda está comparando especificidades do produto. O interesse já está ali e o que vai pesar na balança agora é a certeza de que a opção oferecida em questão é a que trará melhores resultados para ele.

Muitas vezes, a dificuldade neste passo é entender quais são as dúvidas e as maiores questões que afastam um cliente em potencial do produto. O que explicar? O que responder? E nesse dilema, os criadores de conteúdo podem ajudar.

Contando com um domínio completo de sua audiência e conhecendo todas as dores de cada um de seus seguidores, os creators são capazes de tomar os comentários e mensagens que recebem diariamente e transformá-los em dados valiosos para ele mesmo e para diferentes marcas. Essa tradução se dá por meio do próprio influenciador, que entende em que assuntos deve tocar e que detalhes deve particularizar no seu discurso (seja ele em texto, foto, vídeo) para que os receios do público desapareçam.

Como mencionado anteriormente em outros textos, esse tipo de conteúdo consegue resultados ainda melhores porque a marca tem a chance de definir o nicho em que o creator atua. Quando o criador está encaixado no mesmo universo que o cliente, ele é capaz de (1) entender o que o seu público precisa e quer ouvir e (2) dialogar com propriedade e proximidade, gerando simpatia e confiança em quem estiver ouvindo.

E assim, com convicção de seu desejo, encaminhado para a área e produto correto e decidido a escolher o produto específico ofertado pela marca e divulgado pelo influenciador, o cliente está pronto para avançar para a próxima (e última) fase da jornada do consumidor: a conversão.